Mercado

Afinal, o que é Engenharia Logística?

Com a concorrência acirrada e clientes cada vez mais exigentes, investir em inteligência logística deixou de ser considerado um luxo para ser tornar uma necessidade — e é aí que a Engenharia Logística entra em ação.

Prévia da amostra Você pode clicar em cada elemento na prévia para ir ao Editor de Amostra. Prévia do título SEO: Afinal, o que é Engenharia Logística?

A seguir, vamos explicar o conceito, sua importância e por que as empresas devem desenvolver esse conhecimento em suas operações. Continue com a leitura e confira!

Afinal, o que é Engenharia Logística?

A Engenharia Logística pode ser definida como uma área de conhecimento que ajuda a desenhar processos logísticos, tecnológicos e de infraestrutura. O objetivo é oferecer suporte a um gerenciamento mais eficaz, de ponta a ponta.

Primeiramente, é feito um estudo sobre os métodos de trabalho. A partir daí, realiza-se diagnósticos e recomendações sobre quais ações podem ser tomadas para otimizar os processos — como, por exemplo, o tempo adequado para cada atividade, fatores que afetam o desempenho e o layout das operações.

Ela atua em conjunto com gestores, gestão logística, clientes, fornecedores e outros membros da cadeia de abastecimento. Assim, as melhores soluções são desenvolvidas para os problemas operacionais.

Por que ela é importante?

A Engenharia Logística possui diversas aplicações práticas, que vão desde pequenas melhorias nas rotinas até soluções mais complexas e novos projetos — como a tomada de decisão da implantação de um novo sistema ou a escolha da melhor localização para um Centro de Distribuição.

Em outras palavras, ela dá suporte à gestão logística e outras áreas — que sofrem os impactos das medidas que são aplicadas — e desenvolve a chamada inteligência logística. Assim, certifica-se de que a tomada de decisão seja mais acertada e de que os recursos empregados nas operações sejam melhor aproveitados.

Por que as empresas devem investir nesse conhecimento?

Existem diversas razões que fazem com que a Engenharia Logística seja um excelente investimento para as empresas. Entre elas, podemos destacar:

  • estrutura e otimiza os processos;
  • abrange os diversos níveis organizacionais (operacional, tático e estratégico);
  • promove a cultura da inovação;
  • ajuda a desenvolver vantagem competitiva;
  • auxilia na tomada de decisão, tornando-a mais precisa e acertada.

Atualmente, as operações logísticas têm saído do patamar operacional para fazer parte da estratégia das empresas, fazendo contribuições que vão além dos seus processos e o alcance das metas — elas podem promover aumento da qualidade e ajudar a aprimorar os resultados de outras áreas com as melhorias criadas, por exemplo.

Nesse sentido, a Engenharia Logística é uma forma de aplicar a inteligência logística e obter essas otimizações, quer seja no setor, seja na melhoria no relacionamento com os parceiros de negócios.

O investimento em recursos dedicados pode parecer caro para a maioria dos gestores. Entretanto, não contar com uma equipe capacitada, que pode contribuir com novas competências e soluções inovadoras pode sair ainda mais caro no longo prazo. É por isso que entender o que é Engenharia Logística e suas aplicações pode fazer com que ela se torne uma excelente aliada dos negócios.

Gostou desse artigo e quer continuar acompanhando os nossos posts? Assine a nossa newsletter agora mesmo e receba todas as novidades do blog no seu e-mail!

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

Desculpe, o formulário para comentários no momento não está disponível.