Conheça 4 boas práticas para a logística de alimentos

logística de alimentos

A logística de alimentos é um processo presente em todos os setores relacionados à alimentação, e tem como objetivo levar os produtos até os pontos de comercialização. Esse é um processo complexo e sensível, pois envolve muita responsabilidade e exatamente por isso, é cercado por procedimentos rigorosos de manipulação e controle que buscam garantir a qualidade do produto final.

O objetivo deste conteúdo é aprofundar o conhecimento sobre as etapas que envolvem a logística de alimentos, apresentando 4 dicas sobre as boas práticas que precisam ser observados em sua gestão. Curioso? Então, acompanhe!

Qual a importância dos cuidados com a logística de alimentos?

Antes de partirmos para a parte prática é preciso entendermos bem qual a importância de uma logística de qualidade no setor de alimentos. O setor de alimentos demanda muita responsabilidade, pois cada produto demanda por certos requisitos e formas de manuseio que precisam ser cumpridas para que o produto disponibilizado aos consumidores esteja dentro das normas de segurança sanitária, apto para o consumo e dentro dos padrões de qualidade exigidos pelo mercado.

Logo, o gerenciamento eficaz da cadeia de suprimentos precisa envolver planejamento, organização, controle e monitoramento constante de todos os seus processos, a fim de garantir que as rotinas de operação sejam constantemente otimizadas. Essa melhoria proporciona além da redução de custos, também a redução de perdas de produtos e entregas eficazes, impactando diretamente na satisfação do cliente.

É importante dizer que a gestão logística integra toda uma cadeia de produção que inicia desde a compra de insumos e suprimentos, passando pelos processos de armazenagem, envio ao cliente e chegando até o monitoramento e estudo dos resultados obtidos. Essa avaliação final sobre cada etapa é essencial para a identificação de pontos onde será necessário adotar ações de intervenção para a correção de falhas e outras ineficiências.

Dessa forma, podemos entender que o investimento contínuo na otimização logística é importante para que a própria organização obtenha melhores resultados e alcance um reconhecimento crescente na qualidade dos seus produtos pelo mercado consumidor.

Quais são as boas práticas para a logística de alimentos?

Para ajudá-lo com a melhoria do processo de gestão do transporte de perecíveis, nós preparamos uma lista com 4 dos principais cuidados que você precisa tomar para tornar a sua logística de alimentos ainda mais eficiente e de qualidade. Confira abaixo:

1. Observação constante da etiqueta da embalagem

Para o correto controle da logística de alimentos é preciso atenção especial ao que indica as etiquetas informativas de cada produto. Quando nos referimos a alimentos é importante entender que cada item requer um tipo de atenção diferente como a forma de armazenamento, a temperatura correta e o prazo máximo para consumo.

Portanto, lembre-se, as informações constantes nas etiquetas e nas embalagens não são meras sugestões, mas sim, itens obrigatórios que precisam ser observados para garantir a preservação das características dos produtos desde a sua fabricação até a entrega ao consumidor final.

2. Atenção aos requisitos para o empilhamento dos alimentos

A forma correta de empilhamento dos produtos em um caminhão de transporte vai determinar a manutenção das suas características e da sua qualidade, pois cada um deles possui um coeficiente de empilhamento adequado. Não sendo realizado de maneira adequada pode resultar em acidentes ao longo do trajeto de transporte. Caixas mal empilhadas ou pouco firmes, podem facilmente cair quando o veículo necessitar realizar movimentos repentinos ocasionados por problemas na pista como buracos (que são bem comuns nas ruas e estradas do país) ou na travessia de animais.

Sendo assim, verifique a melhor forma de acondicionamento dos produtos e não ultrapasse o limite máximo de carga estipulado, pois dessa forma você evita defeitos visuais nas embalagens que podem comprometer a atratividade do produto ao consumidor.

3. Manutenção correta dos veículos de transporte

As atividades dedicadas a manutenção dos veículos utilizados para o transporte das mercadorias também necessitam de atenção máxima. É preciso atenção não apenas com a sua mecânica, mas em itens primordiais que também afetam a integridade dos produtos como a limpeza e o funcionamento do sistema de refrigeração.

Cabe ressaltar que existem leis que norteiam esses cuidados e que estipulam a separação entre a cabine do condutor e da carga transportada, a vedação do piso contra vazamentos, a manutenção do certificado que atesta as vistorias realizadas e outros. Por isso, esteja atento ao que dizem as normas para garantir que o transporte dos alimentos sejam realizados com toda a segurança e a conservação exigida.

4. Realização de treinamentos para qualificação

Investir no treinamento e qualificação dos profissionais envolvidos no transporte dos alimentos é essencial para assegurar um nível superior de qualidade aos produtos. Agindo assim você prepara a equipe de motoristas e ajudantes a lidar com situações diversas qualificando-os para atuarem como verdadeiros fiscais de qualidade.

Assim, os colaboradores estarão aptos para identificar itens como a higiene do produto, aspectos relacionados a sua higiene pessoal (como a proteção de cabelos e barbas), o controle da temperatura dentro da cabine de transporte, a forma de condução do veículo (procurando evitar curvas acentuadas e outros movimentos abruptos), além das formas de empilhamento e muito mais. Todos esses conteúdos são facilmente abordados pelos cursos de qualificação sendo uma ferramenta essencial para disseminação de boas práticas para o trabalho com alimentos.

Essas são apenas algumas das principais dicas que você precisa praticar em sua empresa a fim de desenvolver uma logística de alimentos eficiente, segura e de qualidade. Ao aplicar tudo o que foi apresentado ao longo do artigo, você agrega valor tanto ao seu produto quanto à forma como a sua empresa é reconhecida no seu mercado de atuação. Sendo assim, dedique tempo para avaliar como a sua empresa atua na distribuição dos alimentos e busque por melhorias, para então garantir a satisfação do cliente e o desenvolvimento do seu negócio.

Como você tem lidado com a gestão da logística de alimentos em sua empresa? Aproveite para nos seguir em nossas redes sociais e conferir conteúdos importantes para o sucesso do seu negócio. Estamos no FacebookLinkedInInstagram, Twitter YouTube.

Powered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − onze =