O Boxing Day e a logística

18Você conhece o Boxing Day? Ele é um feriado celebrado principalmente em países anglófonos como Reino Unido, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, entre outros, no dia seguinte ao Natal.  Ou seja, no dia 26 de dezembro, a não ser quando este cai no fim de semana. Mas o que isso tem a ver com a logística? Bem, o Blog Logística te explica.

boxing day logistica

A tradição começou porque nesse dia, empregados receberiam presentes de seus chefes como forma de agradecimento pelos serviços prestados durante o ano. Na data, também é comum a coleta de doações para instituições beneficentes. Contudo, o Boxing Day se tornou uma grande data para o comércio.

O que a Black Friday é nos EUA, o Boxing Day é no Reino Unido e em outros países. Ele é utilizado como um dia em que os comerciantes oferecem grandes descontos para o consumidor, principalmente para queimar o estoque restante das vendas pré-Natal. A data também marca o início do grande período de trocas que sucede o Natal.

Dessa forma, o Boxing Day movimenta duas fases importantes dos processos logísticos: estoque e logística reversa. Além disso, a data também tem que lidar com fatores externos variantes, como data final de pagamento, que no Reino Unido é realizado semanalmente, e pode ter caído antes do Natal.

Estoque

A capacidade de estoque no Boxing Day é limitada, já que a data acontece após a temporada de vendas. Como o objetivo é justamente queimar o estoque dos produtos “encalhados”, o planejamento para a logística do estoque é diferente das outras datas comerciais.

Entrega

Para o e-commerce, algumas formas de entrega, como serviços expressos de até um dia, podem se tornar inviáveis. Principalmente se oferecidas de forma gratuita. Muitas empresas optam por oferecer, por padrão, um prazo mais estendido com frete grátis ou de baixo valor.

Com a alta de vendas, o Boxing Day se tornou outra data geradora de estresse logístico, tanto nos centros de distribuição, como para as transportadoras. O importante é informar ao consumidor um prazo realista. Se ele fizer questão de uma entrega rápida, um custo maior será repassado. Com a opção de um frete mais barato, com prazos maiores, o comprador ficará feliz em ainda assim fazer um bom negócio.

Se há alguma necessidade de mudança na previsão de entrega, é importante a comunicação desta alteração ao consumidor, para controlar o nível de insatisfação.

Logística reversa

Com o período de compras, temos também uma alta no número de trocas e retornos de produtos. Os picos de operações causados por Black Friday e Boxing Day aumentam o número de rotas, então é importante que se faça um planejamento junto às transportadoras para aproveitar essa maior movimentação e atendar às demandas de troca e retorno de produtos com eventuais problemas e/ou defeitos.

Recentemente, o comércio de alguns países estendeu a data, realizando uma Boxing Week, aos moldes que o Brasil adotou na implementação de sua Black Friday. Inclusive, não se espante se num futuro próximo o varejo brasileiro também começar a explorar data após o Natal.

Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois + doze =