Entrega expressa: como implementá-la? Entenda!

entrega expressa

Impulsionado por uma necessidade do mercado, o setor varejista está cada vez mais focado no aumento da sua capacidade de remessa. Estamos falando tanto de volume de pedidos quanto prazos mais ágeis. É nesse cenário que a entrega expressa pode tornar-se o diferencial que faltava.

Essa é uma inovação que exige a criação de parcerias entre lojistas e prestadores de serviços que atuam com esse tipo de frete. Atualmente, essa opção encontrou grande aceitação no comércio eletrônico, em empresas que buscam ampliar a sua presença no mercado.

Por isso, criamos este conteúdo para demonstrar como esse conceito funciona na prática e quais são as principais vantagens. Continue lendo e conheça todos os detalhes!

O que é e como funciona a entrega expressa?

Os últimos anos foram responsáveis por consolidar o comércio eletrônico como um setor que oferece grande lucratividade para quem deseja levar as suas lojas para o ambiente virtual. Contudo, é fundamental antecipar a adaptação das estratégias comerciais, de marketing e, acima de tudo, de distribuição.

A característica mais marcante do consumidor das lojas online é sua necessidade de agilidade na entrega de seus produtos. Por esse motivo, a entrega expressa, pode ser entendida como a evolução natural dos serviços logísticos para o envio dos pedidos.

Neste contexto, surgem duas novas categorias:

  • same-day delivery: essa modalidade determina que o recebimento da mercadoria ocorrerá no mesmo dia para as compras realizadas até determinado horário;
  • next-day delivery: esse tipo de serviço tem compromisso de realizar a entrega do pedido até o dia seguinte para as compras que foram confirmadas após o prazo adotado para a entrega no mesmo dia.

Limitações da entrega expressa

Embora essa alternativa seja bastante valorizada pelos clientes, as empresas ainda tem um longo caminho a percorrer para que esse tipo de entrega se torne padrão.

A primeira limitação refere-se ao processamento do pedido. Como as regras determinam prazos para a aprovação do pedido é necessário que todo o processo de cobrança seja concluído com agilidade. Assim, métodos de pagamento como cartão de crédito ou débito em conta devem ser priorizados, pois podem ser executados de forma imediata.

Os tipos de produtos que podem ser enquadrados nesse serviço também são considerados restritos. Em geral, tratam-se de produtos leves e de pequeno volume. Livros, jogos, peças de vestuário e alguns aparelhos eletrônicos estão nesta lista.

Por fim, a última limitação é de natureza geográfica. Para possibilitar a entrega expressa é preciso contar com centros de distribuição em localidades estratégicas.

Como colocar a entrega expressa em prática?

O prazo de entrega é uma questão de sobrevivência no mercado eletrônico. Muitos clientes abandonam seus carrinhos no site e desistem da compra se o prazo de entrega for excessivamente demorado.

Por isso, passar a oferecer essa modalidade de entrega requer a reformulação de várias áreas da empresa, começando pelo planejamento.

Reveja o planejamento da empresa

A primeira questão a ser colocada na balança é o valor que a remessa expressa pode agregar à experiência de compra do cliente. Se a empresa entende que essa é a melhor opção, deve-se considerar então, o seu impacto financeiro.

Na maioria dos casos, a entrega expressa custa mais do que as opções de frete tradicionais. Nesse cenário, a empresa é capaz de assumir o custo ou irá cobrar esse valor do cliente? Essas são decisões que demonstram que cada alternativa deve ser analisada com cuidado, antes da tomada de decisão.

Powered by Rock Convert

Crie parcerias com transportadoras

No caso de grandes empresas do comércio eletrônico já é comum a contratação de diversas transportadoras para expandir a sua área de atuação em território nacional. Contudo, a entrega expressa requer a criação de novas parcerias e contratos voltados para a prestação desse atendimento.

Para garantir a agilidade, é necessário contar com veículos e motoristas dedicados para realizar a coleta no centro de distribuição mais próximo e prosseguir com o envio. 

Forneça orientações claras aos clientes

Diminuir os prazos de entrega é uma estratégia que não foca somente na conversão de vendas. O seu objetivo é aprimorar a experiência dos clientes por meio de serviços mais qualificados.

Por esse motivo, a comunicação deve ser clara e transparente quanto às condições de pagamento e entrega. Além disso, as taxas referentes ao frete e o prazo estimado de entrega devem estar descritas de forma explícita.

Busque a otimização do trajeto

A transportadora atua como elo entre a loja e o seu cliente. Portanto, a garantia do same-day delivery ou next-day delivery depende do trajeto adotado. Por esse motivo, as rotas que atendem a coleta dependem de uma programação para alcançar o máximo de destinos dentro do horário estabelecido.

Muitas vezes isso quer dizer que os centros de distribuição funcionam em sistema de turnos para não interromper o fluxo, mesmo durante a noite. Assim, o abastecimento dos veículos pode ser feito ainda nas primeiras horas da manhã.

Quais são as vantagens deste serviço?

As empresas que estão comprometidas com o ganho de eficiência em seus processos de distribuição, conquistam uma vantagem competitiva e favorecem a rentabilidade do negócio. Por isso, é importante adotar esse tipo de mecanismo para conquistar os benefícios listados a seguir.

Melhoria da relação com clientes

A satisfação de seus consumidores é um dos indicadores de desempenho mais importantes tanto para fabricantes como para lojistas. Atrasos na entrega e a indisponibilidade de produtos são os principais obstáculos que geram reclamações.

Por isso, o aprimoramento do processo de entrega representa um ganho significativo em termos de confiabilidade e satisfação dos compradores. Esse tipo de frete cria um senso de priorização que serve para consolidar a empresa na mente dos clientes e favorece a sua imagem no mercado.

Gera economia de recursos

Quando as empresas optam pela terceirização dos serviços logísticos, essa é uma alternativa que transfere a responsabilidade desse processo para operadores especializados.

Com isso, o lojista elimina a necessidade de arcar com os custos da frota e o pagamento de tributos referente ao serviço de transportes, gerando uma economia de recursos. Ao realizar essa mudança, o foco passa a ser a comercialização de produtos e a interação com o cliente para oferecer soluções.

Minimiza o risco de perdas e extravios

A gestão de um galpão é considerada bastante complexa devido:

Portanto, durante essa operação podem ocorrer perdas. O que muda com a entrega expressa é que a expedição é mais ágil reduzindo, assim, o tempo que a mercadoria permanece estocada.

Por fim, acreditamos que o modelo de entrega expressa tem potencial para crescer tanto por causa do investimento em infraestrutura logística como pela recepção positiva por parte do consumidor. Essa é uma solução que oferece grande retorno para as empresas que buscam valorizar a experiência de compra para ampliar o volume de vendas.

Você já atua com entrega expressa na sua empresa? Então compartilhe conosco a sua experiência com essa modalidade nos comentários abaixo!

Powered by Rock Convert
Logística e imagem de marcaPowered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × três =