4 dicas para uma gestão de riscos em operações logísticas

gestão de riscos

A gestão de riscos é um procedimento crucial em todo o tipo de negócio e com as empresas do setor logístico não poderia ser diferente. Afinal, podem haver alguns imprevistos em diferentes etapas do processo, o que torna essencial a gestão de riscos para avaliar as particularidades do negócio, além de encontrar gargalos que possam colocar as operações em risco.

Por meio dessa estratégia, a sua empresa poderá alavancar as vantagens competitivas, além de ser possível aumentar consideravelmente a satisfação dos clientes e potencializar os resultados.

Neste artigo, mostraremos quais são os principais riscos que envolvem a atividade logística, bem como as formas de fazer sua gestão. Acompanhe!

Os principais riscos do setor logístico

Inicialmente, é importante saber quais são os principais riscos nas operações logísticas. Por isso, vamos analisar alguns deles.

Roubo de cargas

Um dos principais riscos no setor logístico é o roubo de cargas. E nesse caso o prejuízo não é somente para as empresas, mas também para os clientes, que sofrem com o atraso na entrega de produtos essenciais para as suas atividades. Além disso, existe a questão da segurança do veículo e principalmente a do motorista que foi vítima do assalto.

Danos à frota e às mercadorias

A movimentação de mercadorias é um procedimento que pode gerar danos tanto para a frota quanto para os próprios bens que estão sendo transportados. Mesmo que as empresas adotem todas as medidas de segurança, é importante lembrar que ainda podem ocorrer acidentes ao longo do percurso.

Panorama das estradas brasileiras

Outro problema que expõe as empresas do setor logístico a riscos é o panorama das estradas brasileiras, que oferecem alguns desafios para os negócios. De acordo com um estudo divulgado pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), houve uma queda da qualidade nas rodovias brasileiras no ano de 2019 — cerca de 59% das estradas foram consideradas regulares, ruins ou péssimas.

Dessa forma, é possível que as empresas do setor logístico tenham prejuízos causados por avarias sofridas pelas cargas durante os trajetos. Isso reforça a necessidade de um investimento cada vez maior na segurança das mercadorias, bem como na dos profissionais que conduzem os veículos.

Atendimento à legislação

Essas empresas também têm o desafio de atenderem à legislação, especialmente a de trânsito. Multas aplicadas durante as viagens costumam ser muito pesadas financeiramente. Inclusive, tais penalidades geralmente retêm o motorista, talvez até impedindo-o de entregar a mercadoria no dia e no horário previstos.

Além disso, é preciso atender à legislação fiscal aplicável às empresas do setor logístico. Ela costuma ser muito complexa e abrangente, exigindo muito conhecimento da empresa.

Essa dificuldade pode ser reduzida consideravelmente se a empresa contar com o apoio de um profissional de contabilidade que tenha um bom entendimento desse tipo de atividade e da legislação referente a ela.

Powered by Rock Convert

A gestão de riscos na logística

Agora que você já conhece os principais riscos nas operações logísticas é preciso entender como é feita a gestão deles. Assim, é possível evitar problemas e, no caso de uma intercorrência, fazer com que a empresa saia da situação com o mínimo de prejuízos.

1. Identifique os riscos

O primeiro passo é identificar os riscos. Dependendo das circunstâncias de cada negócio, podem existir problemas maiores ou menores. Por isso, é importante identificar exatamente quais são os que envolvem a sua empresa.

Por exemplo, pode ser que, além dos problemas com multas no trânsito, você identifique que alguns funcionários estão colocando as cargas em risco, adotando condutas incompatíveis com a via em que estão trafegando.

Nesse caso, existe a necessidade de adotar estratégias de conscientização para seus colaboradores, de modo que eles possam trafegar com mais responsabilidade e minimizar os impactos que as consequências desse tipo de atitude trazem para a empresa e também para o profissional.

2. Analise, mensure e trate os riscos

Depois de identificar os riscos, o próximo passo é mensurar cada um deles, ou seja, verificar e classificar em que grau eles realmente estão impactando a estabilidade do seu negócio. Em seguida, defina ações para reduzi-los ao máximo.

É claro que a empresa jamais eliminará totalmente determinados riscos. No entanto, é possível controlar os seus efeitos para que, quando vierem a ocorrer, a empresa tenha o suporte necessário para tomada de decisão.

3. Encontre e trate as falhas dos processos

Encontrar determinadas falhas no seu processo logístico contribuirá para que a equipe trace estratégias efetivas visando à minimização desses gargalos.

Preocupe-se com as condições dos veículos da sua frota, fique atento aos condutores e ofereça treinamentos. Além disso, analise de forma contínua toda a documentação da sua frota e lembre-se de contar com um bom planejamento de rotas.

4. Conte com a tecnologia

É essencial contar com a ajuda da tecnologia para gerenciar os riscos que a sua empresa enfrenta diariamente. Com as soluções que estão disponíveis, é possível mensurar e tratar potenciais riscos antes que eles gerem prejuízos para o seu negócio.

A grande vantagem dessas ferramentas é que elas são capazes de fornecer dados precisos e quase instantâneos. Isso possibilita que você tome as decisões certas de forma consideravelmente mais rápida, evitando que o prejuízo seja maior.

Resumindo, para uma boa gestão de riscos, é preciso contar com uma organização efetiva dos processos, planejar detalhadamente as operações e implantar ferramentas que contribuam para o sucesso do negócio. E não se esqueça de monitorar sempre as ações adotadas, uma vez que isso vai permitir o aperfeiçoamento das estratégias.

Seguindo essas dicas sobre a gestão de riscos em empresas do setor logístico, você certamente evitará ao máximo esse tipo de problema, não só o acontecimento em si, mas também os efeitos negativos que ele pode causar. Nesse contexto, é fundamental contar com o apoio de empresas como a LOG CP, que oferece valor agregado, inovação e redução de prazos e custos em operações logísticas.

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Entre em contato conosco. Assim, mostraremos a você como implementar uma boa gestão de riscos em seu negócio.

Powered by Rock Convert
Logística e imagem de marcaPowered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − nove =