Infográfico sobre Como Escolher um Galpão para sua Indústria

A locação de um galpão é uma das decisões mais importantes a serem tomadas pela equipe de logística. Assim, é recomendado que se realize uma boa pesquisa de mercado e, em paralelo, um estudo sobre as reais necessidades de armazenamento da empresa.

Mas afinal, o que deve ser considerado no momento de escolha? Localização, Piso, Cross-Docking, Segurança são alguns pontos que precisam ser analisados.

Mas não se preocupe, resumimos todas essas informações em nosso Infográfico sobre como escolher um Galpão para sua Indústria. Veja abaixo estes e outros detalhes importantes que devem ser considerados na hora de escolher o Galpão ideal para seu negócio.

Como Escolher um Galpão para sua Indústria

Gostou deste conteúdo? Então veja também nosso infográfico sobre os fatores que afetam o custo de armazenagem. Confira!

Se preferir, abaixo transcrevemos todo os pontos que citamos no infográfico.

Infográfico sobre Como Escolher um Galpão para sua Indústria

Localização: Um dos fatores que mais pesa no momento de escolher um galpão industrial é, de fato, sua localização. É importante que o galpão esteja situado em um ponto estratégico dentro do emaranhado de rotas operacionais da organização.

Pé-direito alto: O ideal é que um galpão para armazenamento tenha um pé-direito de 10 a 15 metros livres, para atender bem à acomodação das mercadorias empilhadas e a boa disposição dos porta-pallets, permitindo uma boa verticalização do espaço para armazenar vários tipos de carga.

Boa resistência do piso:  O piso industrial deve de suportar 6 toneladas por metro quadrado, aguentando bem não só a carga distribuída, mas também a movimentação das empilhadeiras, de outras máquinas e de pessoas.

Excelente iluminação: O galpão precisa ter uma iluminação que possibilite a melhor visualização de todas as mercadorias armazenadas e atividades a serem realizadas no ambiente.

Possibilidade de cross-docking:  O sistema cross-docking permite que as mercadorias cheguem por um lado e sejam retiradas pelo outro flanco, diminuindo o tempo de circulação dos itens dentro do processo logístico implementado.

Extensa área de pátio:  A área de pátio ideal varia de acordo com a demanda, existindo no mercado extensões que vão de 4 mil metros quadrados até algumas dezenas de milhares de metros quadrados, dependendo do número de docas instaladas e o acesso para as carretas, entre outras facilidades possíveis.

Sistema de combate a incêndio: Um galpão bem planejado deve possuir um sistema de combate a incêndios, para oferecer proteção aos produtos e maquinários ali estocados. Os galpões são legalmente obrigados a contar com o uso de dispositivos como sprinklers, além da boa sinalização do ambiente e da colocação de extintores de incêndio em locais estratégicos. 

Estacionamento suficiente: Os serviços de um galpão de alto nível não se resumem ao que ocorre apenas em seu interior. Assim, eles devem apresentar, por exemplo, um estacionamento adequado para comportar veículos de pequeno e de grande porte, incluindo rampas de acesso para o piso da área de depósito.

Segurança:  O galpão escolhido precisa ser capaz de minimizar os riscos de acidentes como inundações, incêndios, furtos e roubos de mercadorias. É essencial que a estrutura disponha de portas corta-fogo, sprinklers, câmeras de segurança, guarita 24 horas e piso muito bem nivelado, para facilitar o trabalho das empilhadeiras.

Cadastre-se em nossa newsletter para receber mais informações sobre o mundo da logística.

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!