Conheça 5 tendências de estrutura de galpões

O mercado vem apresentando mudanças constantes, modificando recursos e estruturas, otimizando processos e automatizando operações. A tecnologia faz com que as empresas alcancem facilmente a equidade, ficando mais difícil criar um diferencial. As tendências aparecem tanto nas formas de gestão quanto na alteração da estrutura de galpões.

Por isso, é de fundamental importância manter a equipe atualizada sobre o assunto. Assim, quando for necessário tomar alguma decisão relacionada a estruturas, poderá fazer a escolha mais vantajosa para a empresa.

Quer descobrir quais são as mais novas tendências para estrutura de galpões? Fique conosco e saiba mais!

1. Sustentabilidade

Não é segredo que a sustentabilidade está em alta. É uma mudança que agrega valor ao negócio, visto que muitos clientes utilizam esse conceito para tomar decisões de compra.

Na questão de estrutura para galpões, a sustentabilidade se mostra presente na economia de recursos. Uma instalação que tem ventilação natural e iluminação solar, por exemplo, pode ser considerada sustentável.

2. Cobertura e estrutura

Falando de estrutura, o concreto da cobertura perde lugar para estruturas metálicas e parafusos aparentes. São soluções mais baratas, sofisticadas — chamados de armazém classe A — e seguras que os modelos antigos.

Além disso, muitas empresas ainda optam pelos tetos transparentes. Eles permitem que durante o dia não seja utilizada a iluminação elétrica, ajudando na redução de custos.

3. Fechamento Tilt-Up

O Tilt-Up é um sistema construtivo que utiliza estruturas pré-moldadas de concreto para a construção das paredes e pisos dos galpões.

A estrutura é feita no próprio local da obra, moldada em um chão nivelado por meio de lasers. Quando pronta, é erguida com a ajuda de guindastes, diminuindo o tempo necessário para as construções ficarem prontas.

4. Proteção contra incêndios

Manter a integridade das mercadorias dentro dos galpões é essencial para que o empreendedor não tenha prejuízos. Por esse motivo, a estrutura de galpões exige uma boa estratégia de instalação de proteções contra incêndio.

Detectores de fumaça, sprinklers e chuveiros automáticos são investimentos fundamentais para que possíveis incidentes sejam controlados de forma rápida.

5. Divisão de custos

Uma tendência que visa a redução de custos e a otimização de recursos é a utilização de galpões dentro de parques ou condomínios logísticos, ambos locais que apresentam uma estrutura robusta para operações focadas em logística.

Assim, os empreendedores têm uma estrutura completa e gastos rateados para poder oferecer o melhor aos clientes, por um preço justo.

Para tomar decisões estratégicas e alcançar os objetivos que os envolvidos na gestão planejam, é fundamental que os gestores invistam em uma capacitação que gere conhecimento e aumente a expertise da equipe.

O resultado da empresa, os seus índices de crescimento e melhorias na competitividade estão totalmente relacionados às pessoas. O quanto elas se dedicam a pesquisar e entender tendências de mercado também interfere nesses aspectos.

Escolher corretamente a estrutura de galpões para sua empresa pode determinar sua competitividade no mercado. A decisão será tomada a partir das informações que sua equipe proverá.

E aí, gostou do conteúdo? Aproveite para conhecer um pouco mais sobre os tipos de galpões de armazenamento!

Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Infraestrutura TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × cinco =