Melhora na entrega do e-commerce

E-Commerce logistica

Apesar do crescimento das receitas do comércio eletrônico, o setor ainda está longe de atingir altos níveis de satisfação dos consumidores. Do total de reclamações do setor, os atrasos de entrega ainda lideram o ranking, com 32% do total. Para contornar esse quadro e obter uma melhora na entrega do e-commerce, as principais empresas de e-commerce estão investindo em suas estruturas de logística.

Um dos motivos comuns dos atrasos é a distribuição centralizada na região sudeste. Aliada ao transporte primariamente rodoviário, as entregas acabam sendo comprometidas em qualquer eventualidade, como problema em estradas ou nos veículos. Regiões menos centrais, como Norte ou Nordeste, costumam ter prazos e tarifas de entrega muito maiores.

Para reverter o cenário, as grandes empresas do e-commerce estão instalando centros de distribuição fora do sudeste. A B2D, das marcas Submarino e Americanas.com, tinha apenas dois centros, ambos em São Paulo. A empresa já inaugurou CDs em Pernambuco, além de unidades em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Nos próximos anos, a empresa deve abrir mais de sete centros de distribuição.

Não contente, a B2W adquiriu duas transportadoras, a Direct Express e a Click Rodo.Já a concorrente Cnoca do Brasil, administradora das lojas Ponto Frio, Casas Bahia e Extra, passou a utilizar centros de distribuição na Bahia e no Rio de Janeiro.

 A Magazine Luiza inaugurou em julho oito CDs nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste para atender tanto lojas físicas como online. No entanto, não basta a estrutura física. Ela deve estar alinhada com o sistema de informação que auxiliem às operações. A meta do grupo é que metade das vendas online sejam distribuídos em armazéns próximos aos clientes.

Já o Walmart, que concentrava suas operações logísticas em Minas Gerais, abriu um novo centro em São Paulo, outro próximo ao Recife e está negociando a compra de um terreno para construção de nova estrutura logística no Rio Grande do Sul.

Em um país com a dimensão territorial do Brasil, é importante que as empresas de comércio tenham suas operações descentralizadas. Aquelas que conseguirem maior satisfação de uma região poderão se estabelecer como liderança perante a concorrência, com maior chances de maximizar seus lucros.

Assine nossa newsletter gratuitamente e receba mais informações que vão ajudar você a melhorar seus processos de logística.

Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

1 Comentário

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 + 17 =