Os drones, a logística e as empresas

Drones e a logistica
Amazon, AES Tietê, Eldorado, DHL, Domino’s e Google, por que essas empresas investem alto no uso dos chamados drones em suas atividades? Qual a relação entre os Drones e a logística e qual o futuro reservado a esses fantásticos robôs voadores? O Blog Logística faz uma breve reflexão sobre tudo isso.

O que são drones?

Os drones são veículos aéreos não tripulados ou remotamente pilotados, muito utilizados para fins militares nos últimos anos. Contudo, há algum tempo, diversas empresas começaram a empregá-los para os mais diversos fins.

A Eldorado, fabricante de celulose em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, utiliza drones fabricados pela empresa suíça senseFly para sobrevoar suas plantações de eucaliptos, identificando por meio de uma câmera acoplada de 16 megapixels, as mudas que não foram plantadas de forma correta.

Os drones e a Amazon

O empresário americano Jeff Bezos, dono da Amazon.com, que você viu aqui na série exemplo de logística, investe pesado na entrega dos produtos comprados na sua empresa, por meio de drones. Claro, produtos com até 2,2kgs, o que corresponde à maioria das encomendas da Amazon.

Batizado de Prime Air (carteiro voador), o serviço será capaz de transportar mercadorias em até 30 minutos através de um quadricóptero, deixando as encomendas na porta das casas dos compradores, com rapidez e segurança.

Google e o Projeto Wing

Até mesmo o Google pretende usar drones para entregar produtos de sua Google Express, em São Francisco, mas com um grande diferencial: em apenas 2 minutos! O chamado Projeto Wing utilizaria um robô que parece um avião, mas decola e pousa como um helicóptero, para liberar as encomendas sem ter que pousar, apenas descendo o produto por um cabo e liberando-o assim que ele tocar o solo.

Drones para entregas urgentes

Para mensurar o poder dos drones, até o maior grupo de logística do planeta, o Deutsche Post, controlador da DHL, empresa de entregas alemã, pesquisa como utilizá-los para entregas urgentes, como remédios em localidades distantes dos centros urbanos.

E o que dizer da rede de pizzaria americana Domino’s que também já sinalizou a possibilidade de usar um drone para entregas, no melhor estilo motoboy voador?

Impacto dos drones na logística

Os drones são uma tecnologia revolucionária, mas ainda é cedo para afirmar qual o real impacto deles na logística, porém é possível que as empresas aprendam e invistam nessa nova tecnologia para, por exemplo, realizar entregas em tempo menor, custo menor e sem enfrentar o caos do trânsito nas grandes cidades. Seriam eles, aliás, uma possível solução para reduzir os engarrafamentos no trânsito?

Por hora, resta saber como esse tipo de serviço será regulado e encontrar alternativas que viabilizem sua adoção por parte das empresas dos mais diversos segmentos.

Seja como for, os drones não são mais uma tendência. Eles vieram para ficar. Quer saber mais? Confira nosso post sobre 5 tendências em logística para 2017.

Logística e imagem de marcaPowered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 − 12 =