Entenda as diferenças entre gestão de estoque e armazenagem

No âmbito da logística, os termos gestão de armazenagem e estoque são usados como sinônimos ou têm seus conceitos confundidos frequentemente. Essa é uma situação que pode acontecer até mesmo com profissionais da área.

Porém, em um mercado no qual os detalhes impactam cada vez mais na performance e nos números das empresas, é essencial que todos os seus colaboradores estejam atualizados e preparados para desenvolver trabalhos em excelência em ambas as áreas. Quanto mais bem preparada a sua equipe, mais competitivo tende a ser o seu negócio.

 gestão de armazenagem

Quer saber mais sobre as diferenças de gestão de armazenagem e gestão de estoque? Então, continue a leitura, entenda mais sobre o assunto e saiba como é possível melhorar a performance das duas áreas dentro da sua empresa!

Quais são as diferenças entre gestão de estoque e armazenagem?

A atividade de gestão de estoque é considerada estratégica e sua função é controlar os aspectos relacionados ao abastecimento da linha de produção e à disponibilização de produtos para venda.

Já as tarefas executadas dentro do armazém são de natureza operacional. Tais como:

  • recebimento de materiais;
  • separação de produtos;
  • alocação nas prateleiras;
  • consolidação de pedidos.

Como aprimorar a gestão de estoque?

A gestão de uma empresa está em constante melhoria, pois conta com a implementação de novas tecnologias, ideias e processos.

Por isso, o aperfeiçoamento aqui gira em torno de decisões mais administrativas, exigindo do gestor mais expertise como líder de equipe e negociador com os demais parceiros.

A seguir, confira algumas dicas de como aprimorar a gestão de estoque da sua empresa.

Conte com um sistema de gestão

Atualmente, até mesmo as pequenas empresas reconhecem a importância da aquisição de sistemas de informação para a administração de materiais. No caso da gestão de estoque, essa necessidade se torna ainda mais aparente devido à obrigatoriedade de manter registros precisos.

Os materiais em estoque devem ser contabilizados para apurar os custos envolvidos e estimar o preço de venda para o mercado consumidor. Os níveis de estoque também têm influência na sua capacidade de abastecer a linha de produção e atender à demanda dos consumidores.

Mantenha o inventário atualizado

O número de itens em estoque — sejam eles matérias-primas, sejam produtos acabados — é uma fonte de preocupação para os gestores. Por isso, a melhor forma de equilibrar os artigos consumidos e planejar o reabastecimento é realizar o controle diário das movimentações.

Esse aspecto também envolve o uso de sistemas, afinal, a contagem manual de cada produto cadastrado é inviável. Além disso, a possibilidade de erros e inconsistências deve ser evitada para garantir a confiabilidade dos registros.

Negocie o abastecimento com fornecedores

Uma das tendências mais relevantes, no que se refere aos processos de gestão, visa manter o estoque enxuto, ou seja, trabalhar com um inventário cada vez menor e programar as compras conforme a necessidade.

Essa mudança de filosofia é capaz de reduzir os custos de manutenção dos armazéns e dos materiais parados. Desse modo, a empresa obtém uma economia significativa em seus processos.

Como tornar a armazenagem mais eficiente?

Por sua característica operacional, o processo de armazenagem pode ser aprimorado com medidas direcionadas à melhoria dos procedimentos de trabalho. Veja, a seguir, como fazer isso.

Escolha o layout ideal

O espaço físico de um armazém deve refletir as características dos tipos de materiais que abriga. Os produtos químicos, por exemplo, devem ser isolados para evitar contaminação e acidentes. Já os materiais de consumo podem ser armazenados em prateleiras para aproveitar melhor o local.

O posicionamento dos produtos, a distância entre as prateleiras e a localização dos itens de acordo com a sua demanda são formas de aprimorar o manuseio de forma eficiente.

Busque a automatização do manuseio

As empilhadeiras e elevadores são equipamentos comuns na rotina de um depósito. Afinal, são fundamentais para a movimentação de grandes volumes ou de um número elevado de caixas empilhadas. Essa é uma forma de otimizar o tempo na separação de produtos e consolidação das cargas para transporte.

As vantagens da automatização são:

  • integração entre robótica e sistemas de gestão;
  • possibilidade de separação computadorizada dos pedidos;
  • ampliação do uso de esteiras para retirar os itens das prateleiras.

Implemente a codificação dos itens

Com materiais diversificados e em grandes quantidades, a identificação de cada item torna-se um desafio. Uma das soluções disponíveis é a classificação de todo o estoque mantido pela empresa.

A padronização é fundamental para organizar o departamento e facilitar a localização dos lotes com facilidade. As principais informações registradas são o nome do fabricante, o nome do produto e as suas características, como peso e dimensões.

Quais as vantagens de uma gestão de armazenagem eficaz?

Como você viu no tópico anterior, com algumas mudanças práticas e implementações de ferramentas inteligentes é possível otimizar a gestão de armazenagem.

Mas, quais são as vantagens reais desse aperfeiçoamento? Entenda mais sobre os benefícios logo abaixo.

Mais eficiência nas entregas

Ter mais eficiência nas entregas é, possivelmente, a vantagem mais clara de uma melhoria na sua gestão de armazenagem. Todas as medidas de aperfeiçoamento listadas anteriormente culminam na dinamização de processos ligados à entrega de mercadorias.

Com um layout que contempla a movimentação interna, por exemplo, a equipe de trabalho consegue armazenar e retirar os produtos com mais facilidade. Da mesma forma, com a automatização é possível dinamizar a conferência de entrada de mercadorias, bem como o carregamento dos veículos de entrega.

Esse conjunto de melhorias traz bons resultados na “ponta da lança”, que, neste caso, é a entrega para o cliente. Por sua vez, o efeito cascata tende a transformar positivamente a relação da sua marca com o consumidor.

Melhor utilização de equipamentos

Um aperfeiçoamento de gestão de armazenagem também é uma oportunidade para você identificar os equívocos em relação à utilização dos equipamentos, a fim de aproveitar melhor o investimento da sua empresa.

O fato é que o erro de muitos gestores quando se fala em automatização é acreditar que a sua empresa está inserida nesse conceito simplesmente porque já contam com algumas ferramentas aleatórias.

O trabalho de melhoria e automatização também consiste em uma análise interna, verificando os pontos de fraqueza do seu negócio. Assim, você consegue entender quais equipamentos estão sendo corretamente utilizados e quais atividades demandam implementação tecnológica imediata, a fim de impactar positivamente o trabalho das equipes.

Redução de custos

A redução de custos é o benefício resultante de todas as outras vantagens. Ou seja, não é algo imediato, mas se torna bastante perceptível a médio prazo.

Ao aprimorar a sua gestão de armazenagem, a sua empresa diminui consideravelmente o número de desperdícios de materiais e de retrabalhos, por exemplo, passando a gastar menos com esses fatores.

Além disso, toda a equipe se torna mais produtiva em razão das implementações pontuais de tecnologia, melhorando os números produtivos diários e alcançando as metas do negócio.

Por fim, a empresa passa a oferecer uma experiência completa para o cliente, facilitando a jornada de compras e cumprindo todos os prazos de entrega. O resultado desse novo cenário? Contenção de custos e aumento da fidelização dos clientes.

Em suma, a gestão de estoque e armazenagem são atividades fundamentais para aumentar a competitividade e garantir que sua empresa conquiste espaço no mercado.

Você tem interesse em mais conteúdos como este? Então, curta a nossa página no Facebook.

 

Powered by Rock Convert
Logística e imagem de marcaPowered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

1 Comentário

  1. Avatar jeferson disse:

    Boa tarde,
    Na empresa que trabalho tem a industria e uma loja varejista. Não existia nenhum sistema de informação que controlasse os estoque da loja e da industria. Estão implementando um sistema mas querem que os estoque da industria e da loja estejam juntas em um único sistema e eu controlo o estoque da industria e a gerente controle o estoque da loja. Isso é possível? Se obtiver respostas eu agradeço.

  2. Avatar Alan Moreira Sant Ana disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.

    O tema relacionado a estoque é muito amplo, parabéns pema abordagem nesse post.
    Se quiser saber sobre abordagem contábil no estoque, Curva ABC da uma olhada no conteudo desse blog.

    * Mais de 50.000 livros (eBook) gratuitos;
    * Tutoriais de Logística;
    * Assuntos, ferramentas e dicas importantes para os profissionais de Logística;
    * Treinamentos e Cursos gratuitos e pagos;

    Acesse: https://t.co/sGhwQDDjmL

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + 20 =