Qual é o papel do transporte na estratégia logística?

A importância da área de transportes consiste em operacionalizar o processo logístico. Nesse sentido, para otimizar as funções de transporte e logística, é fundamental conhecer quais são os principais elementos que compõem o transporte.

quais são os principais elementos que compõem o transporte

Essa visão ajuda a construir uma perspectiva que vai além da movimentação de materiais e passa a constituir uma ferramenta de gestão extremamente valorizada. Para implementar esse tipo de solução, é preciso investir em sistemas de informação e na capacitação da equipe, além de focar nas atividades de planejamento e controle.

Desse modo, é possível destacar-se no mercado, reduzir custos e conquistar novos clientes. Se você tem interesse em se informar sobre o papel estratégico dessa área, continue a leitura e confira algumas informações úteis!

Qual é a importância da área de transportes?

Os últimos anos têm sido fundamentais para consolidar o departamento de transportes como uma área estratégica, que oferece soluções para as demandas de movimentação de mercadorias.

Além disso, seu principal papel é reduzir distâncias entre os produtores, fabricantes e seus respectivos clientes. Esse tipo de posicionamento garante que o produto correto seja entregue no local certo e no momento estabelecido.

É importante compreender que essa área não se limita somente às atividades de distribuição. Em muitos casos, realiza também o gerenciamento dos níveis de estoque, atuando, constantemente, para garantir o abastecimento da linha de produção.

O processo de estocagem representa um elemento essencial, pois lida diretamente com o fluxo de recebimento e com a saída de materiais, além de executar o armazenamento de forma inteligente e segura para evitar avarias e acidentes.

Como resultado, é possível assegurar que os produtos serão disponibilizados para os clientes dentro do prazo e com a qualidade desejada.

Como a escolha do modal afeta o desempenho logístico?

No Brasil, predomina a utilização do modal rodoviário pelas empresas do setor de logística. Nesse caso, as transportadoras ficam sujeitas à falta de infraestrutura e de segurança nas estradas.

Para contornar tal obstáculo, os gestores podem optar por estabelecer centros de distribuição em regiões estratégicas, para ficarem mais próximos dos clientes e reduzirem custos.

Contudo, a realização de investimentos em outros modais de transporte tem se provado útil para reduzir o tempo de entrega.

  • modal aéreo: embora os custos para utilizar esse recurso sejam elevados, sua agilidade representa uma grande vantagem;
  • modal ferroviário: esse tipo de transporte tem muita aderência no mercado de mineração, para a movimentação de seus insumos até a indústria de beneficiamento;
  • modal hidroviário: composto principalmente pela modalidade marítima — utilizada para a importação e a exportação de produtos — e pela fluvial, que garante o acesso a regiões afastadas.

Quais são os principais elementos que compõem o transporte?

Pensar na operação logística como o simples envio de mercadorias é uma visão restritiva de uma área com grande influência no resultado da empresa. Por isso, é importante entender que as suas atividades podem ser consideradas estratégicas e que necessitam da participação de diversos departamentos.

Em primeiro lugar, destaca-se como a execução de cada etapa depende de planejamento, com o intuito de organizar cada função e antecipar imprevistos. Quando a equipe dedica tempo para planejar a movimentação, é possível tornar a operação mais econômica e capaz de atender aos clientes com flexibilidade.

Com isso, as etapas de armazenamento, expedição e distribuição oferecem oportunidades de melhoria que qualificam o atendimento. Essa medida favorece principalmente as empresas que atuam com entregas pulverizadas e dependem da utilização de galpões em locais estratégicos para possibilitar o envio dos pedidos.

Como os recursos tecnológicos aumentam a produtividade?

A recente expansão de recursos tecnológicos tem contribuído para melhorar os resultados do setor logístico. É possível observar tanto o aumento da produtividade quanto o incremento da lucratividade.

A tecnologia de informação tem atuado para oferecer soluções personalizadas à operação de transportes e aos seus principais elementos. Por isso, os gestores devem conhecer como essas funcionalidades podem melhorar o desempenho da empresa.

Automação de tarefas

A distribuição de mercadorias pode ser considerada uma tarefa complexa. Essa realidade fica ainda mais clara em empresas de grande porte que conquistam diversos clientes e oferecem alternativas diversificadas. Por isso, sistemas de gestão contribuem para auxiliar no gerenciamento e no controle de várias atividades.

Nesse cenário, diversos benefícios podem ser obtidos com a implementação de ferramentas para automatizar as atividades. A emissão de documentos de frete, por exemplo, tem expressiva relevância, pois trata de registros da prestação de serviço e do recolhimento de impostos. Portanto, é fundamental garantir que todas as informações estejam corretas para evitar penalidades perante os órgãos de fiscalização.

Rastreabilidade da frota

É possível, também, expandir a segurança dos motoristas e da carga durante o trajeto com a utilização de aplicativos de rastreamento. Isso possibilita o acompanhamento do itinerário tanto pela transportadora como pelo cliente e fornece estimativas precisas da data de entrega.

Com o intuito de otimizar o processo de remessa, existem ferramentas de roteirização que estabelecem a rota ideal até os destinatários. Como resultado, é possível aproveitar melhor o espaço no veículo, reduzir o consumo de combustível e controlar o volume de entregas realizadas.

Segurança no compartilhamento de dados

Parte da confiabilidade da relação entre clientes e fabricantes depende da forma como a empresa possibilita a consulta de informações importantes sobre o processo. Existem diversos meios para colocar essa iniciativa em prática, sendo o mais comum deles a criação de um portal de consulta do status da entrega.

Assim, é possível acompanhar o processamento do pedido, a emissão dos documentos de frete e a previsão de entrega. Além disso, é possível usar o sistema de rastreamento para permitir a consulta da localização da carga, até mesmo em tempo real.

Visão integrada de todo o processo

Uma das chaves para o sucesso do processo de movimentação de mercadorias é o controle sobre o andamento de cada etapa. O desenvolvimento da tecnologia possibilitou a democratização do acesso a sistemas de gestão integrada, contribuindo para o acompanhamento dos resultados da operação e fornecendo relatórios para substanciar a tomada de decisão por parte das empresas.

Essa é uma função que permite a identificação de problemas e falhas que poderiam gerar prejuízos. Contudo, os programas disponíveis no mercado são desenvolvidos com o foco na análise e no processamento de dados.

Essa funcionalidade é caracterizada pela capacidade de fornecer informações precisas sobre a estocagem de produtos, a programação de coletas, entregas e a roteirização do trajeto. Como resultado, é possível garantir a visibilidade sobre a execução das atividades, o que permite que a demanda dos clientes seja atendida conforme foi especificado.

Ao analisar todos esses aspectos, fica claro como a excelência nos processos de transporte e logística representa um diferencial competitivo que as empresas do setor devem almejar e se esforçar para obter. Seu principal objetivo é tornar a cadeia de suprimentos tão eficiente quanto possível, de modo que o foco da equipe seja a identificação de quais são os principais elementos que compõem o transporte e as suas respectivas funções.

Portanto, para fazer com que a operação logística seja bem-sucedida, é necessário viabilizar a qualidade dos produtos, a automação de processos, o gerenciamento da frota e a agilidade na entrega.

Conheça ainda mais sobre o processo logístico com nosso artigo que seleciona 4 dicas para controlar a transferência de mercadorias entre centros de distribuição.

Logística e imagem de marcaPowered by Rock Convert
Avatar

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

12 Comentários

  1. Avatar Paulo Velasquez disse:

    Parabéns pela excelência do material . Sou professor de curso para formação de técnicos em logística , em Parauapebas , sudoeste do Para.

  2. Avatar André Quicota disse:

    Boa tarde caríssimos,
    Fico muito agradecido pelo vosso empenho ao desponibilizarem estas matérias sobre Logística está ajudando muito. trabalho numa empresa de logística e distibuição de marcas na area de facturação quase que não tinha noção do que era logística no seu todo, valeu.

  3. Avatar ANTONIO MENDES disse:

    MUITO ÓTIMO

    EU TRABALHO COM DISTRIBUIÇÃO DE CARGAS FRACIONADAS E ATENDENDO MERCADOS NO GERAL

  4. Avatar Jose l. Motta disse:

    Ola pessoal, muito importante estes comentários feitos, pois trabalho com vendas de Caminhões Novos.

    Obrigado

  5. Avatar Anônimo disse:

    Muito bom saber algo sobre transporte logística pois estou iniciado um curso sobre essa área

  6. Avatar Laudelino Pires disse:

    Muito bom saber oq e transporte logística estou iniciando um curso nesta área e gostaria MT de saber OQ faz muitas dicas otimas

  7. Avatar LEANDRO LIMA disse:

    BOM DIA A TODOS, GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ESSE SETOR.

  8. Avatar Yasmin Conceição Barcelos Veloso disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.

    Um dos meios de impulsionar o crescimento organizacional é por meio da integração entre departamentos. É preciso incentivar o compartilhamento de informações, a criação de metas complementares e reduzir a burocracia.

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 × dois =