4 dicas para controlar a transferência de mercadorias entre centros de distribuição

As empresas do segmento logístico têm a necessidade de enviar as cargas de diversos fornecedores para locais, muitas vezes, distantes dos grandes centros urbanos. Isso quer dizer que a escala geográfica de uma transportadora é um fator diferencial para o atendimento dos prazos de remessa e a satisfação dos clientes.

4 dicas para controlar a transferência de mercadorias entre centros de distribuição

Com o intuito de concluir o processo de entrega, são criados locais chamados de centros de distribuição ou CDs. A sua utilização faz parte de uma abordagem mais moderna da operação logística e do processo de armazenagem.

Esse recurso é fundamental para expandir a área de atuação das transportadoras, bem como ampliar o alcance da cadeia de suprimentos.

Prossiga com a leitura e confira 5 dicas para colocar o processo de transferência de mercadorias em prática na sua transportadora.

1. Adote sistemas de gestão integrada

A presença dos centros de distribuição em locais estratégicos adiciona mais uma etapa envolvendo a atividade logística. Isso amplia a necessidade de controle, pois requer o acompanhamento de cargas que transitam entre múltiplas localidades.

Por essa razão, é fundamental a adoção de sistemas capazes de gerenciar toda a cadeia e contribuir para agilizar a entrega até os clientes.

2. Desenvolva um detalhado planejamento

A instalação de centros de distribuição requer alterações significativas nos procedimentos de trabalho para que a nova estrutura funcione de maneira eficiente. Esse é um recurso essencial que permite a criação de estratégias voltadas para garantir que cada carga siga o caminho mais curto até o seu destino.

Assim, as etapas de separação de pedidos e expedição podem ser realizadas conforme os pedidos para, posteriormente, programar o envio aos clientes.

3. Adapte o espaço físico

O layout de um centro de distribuição é bastante diferente de um depósito, por exemplo. Enquanto um armazém funciona como local para alocação temporária de mercadorias até o momento da venda, o CD é um espaço cujo objetivo é atender às necessidades imediatas dos clientes.

A movimentação das mercadorias deve ocorrer de forma linear, ou seja, as cargas são recebidas em uma extremidade, são separadas e armazenadas no meio, e embaladas e enviadas aos clientes na outra ponta. Enquanto são mantidas nesse local, é preciso separar os lotes com base em suas características físicas, como:

    • peso;
    • volume;
    • quantidade;
    • tipo do produto;
    • fornecedor de origem.

4. Realize o controle do estoque

Uma das principais características de um centro de distribuição para a transferência de mercadorias está relacionada ao seu sistema just in time. Em outras palavras, é preciso disponibilizar as mercadorias em quantidades corretas, no local certo e no momento que o cliente determinar.

Essa ideia resulta no emprego de uma política de níveis de estoques reduzidos prevenindo a incidência de produtos parados nas prateleiras e os custos relacionados à manutenção do espaço.

5. Utilize modais de transporte diferentes

Obter maior agilidade no atendimento às demandas logísticas dos clientes é um dos objetivos das empresas transportadoras. Como resultado, é preciso criar soluções inovadoras para permanecer competitiva no mercado.

Como as empresas que atuam com o transporte rodoviário interestadual enfrentam desafios em seu cotidiano, é possível encontrar alternativas capazes de resolvê-los. O modal aéreo, por exemplo, funciona bem para o transporte de lotes reduzidos, além de minimizar significativamente o prazo de entrega.

Qual é o principal fator para a criação de centros de distribuição?

O tamanho da malha rodoviária no Brasil pode facilmente se converter em um gargalo em vez de uma oportunidade de crescimento, no que se refere à transferência de mercadorias.

Uma das alternativas é a implantação de centros de distribuição em localidades estratégicas para ampliar o alcance da transportadora e garantir o pronto acesso ao destino. Contudo, é preciso avaliar, não somente a capacidade operacional para lidar com essa demanda, mas mensurar o retorno do investimento.

A Log CP atua no setor de construção e locação de propriedades comerciais para a instalação de centros de distribuição. Entre em contato conosco e obtenha mais informações.

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!