Como elaborar boas rotas de entrega e reduzir custos logísticos?

Uma das formas de aumentar a lucratividade de uma empresa, é por meio da diminuição dos seus custos logísticos. E essa tarefa não é nada fácil! Uma maneira eficiente de começar é cortando despesas por meio de uma boa elaboração de rotas de entregas.

Planejar as rotas de entregas a serem realizadas pela companhia em determinado período de tempo, permite aumentar a sua eficiência, minimizar os erros e torná-las viáveis financeiramente.

No post de hoje daremos algumas dicas de como a sua empresa pode alcançar esse objetivo e assim obter o sucesso tão esperado. Ficou interessado no assunto? Então continue conosco e entenda melhor como desenvolver uma boa estratégia de rotas e reduzir os seus custos logísticos.

Como elaborar rotas de entregas de forma eficiente?

Confira abaixo algumas dicas para uma boa elaboração de rotas para a sua empresa:

1. Escolha uma localização eficiente

É fundamental escolher um local estratégico como um centro de distribuição para a sua empresa, pois é nesse momento que se inicia o planejamento de rotas. Uma localização ruim pode causar a elevação dos custos de distribuição, ao passo que uma escolha bem pensada pode otimizar o processo como um todo e aumentar os resultados da empresa.

Por isso, é fundamental fazer uma busca correta ao procurar um local estratégico na distribuição logística da empresa, como galpões e centros de distribuição. Encontre um lugar que facilite o acesso à área de entrega com maior importância para o local.

2. Utilize softwares para realizar planejamentos

Você pode levar muito tempo para determinar uma boa rota utilizando mapas físicos ou arquivos do município do local de destino. E essa não é boa estratégia, pois principalmente para a logística, tempo é dinheiro.

Atualmente, o mercado disponibiliza softwares de gestão — mais conhecidos como Roteirizadores de Entregas — capazes de realizar em segundos o que você gastaria horas para fazer, com uma margem de erro bem menor.

Essa ferramenta tecnológica calcula, a partir dos pedidos pendentes, a melhor rota de entrega e aloca adequadamente a sua carga, baseando-se na frota disponível. Com a ajuda desse software você conseguirá:

  • Reduzir os custos operacionais: pois será necessária uma equipe menor para o planejamento das entregas;
  • aumentar a sua eficiência: com a realização das entregas em menos tempo, o faturamento tende a ser maior;
  • agilizar a operação de roteirização e entrega;
  • alavancar a produtividade da equipe: já que diminuirá a necessidade de contratação de mão de obra ou uso de horas extras de motoristas e entregadores.

3. Teste as rotas mais efetivas e econômicas

Muitas vezes, você encontrará mais de uma opção de rota para chegar no mesmo lugar. Daí a necessidade de testar a rota mais efetiva e econômica para empresa. Devem ser levados em conta:

  • o caminho mais rápido;
  • a existência de pedágios;
  • desvios;
  • trânsito;
  • caminhos que levam ao menor consumo de combustível;
  • dentre outros.

Estabelecendo a melhor rota, você economizará tempo e gastos com combustíveis e manutenção dos veículos.

4. Use o tipo de veículo adequado

O ideal para um bom planejamento de rotas, é que seja adotado um único veículo com capacidade para servir todos os destinos. Assim, alocar os veículos com maior disponibilidade de volume, é uma boa dica para diminuir as distâncias a serem percorridas e o prazo total para a realização das entregas.

Viu só como uma boa elaboração de rotas de entregas na logística podem ajudar muito no crescimento de sua empresa? Agora que você já sabe como fazer, comece a colocar em prática todas essas dicas, para garantir a maior lucratividade com o seu negócio.

E aí, gostou do nosso post? Aproveite a sua visita em nosso blog e conheça mais sobre a gestão de custos logísticos!

O Blog Logística é um espaço para falar sobre o mercado logístico brasileiro, notícias, opiniões de profissionais reconhecidos e muita informação para você acompanhar tudo bem de perto. Seja bem vindo e boa leitura!

PUBLICADO EM Gestão TAGS:

0 Comentários

COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário!